Reunião discutiu alternativas para problemas no abastecimento em Moreno

Data: 07/12/2016 | Hora: 00:32 | Por: Assessoria de Imprensa - Prefeitura do Moreno


O prefeito Dilsinho Gomes recebeu na manhã de hoje (06) representantes da Compesa para discutir a questão do abastecimento da cidade. Vereadores e futuros parlamentares também participaram do encontro, que durou pouco mais de uma hora.

A primeira informação dada pela companhia é sobre a construção da barragem, que está paralisada desde 2014. A obra, orçada em R$ 65 milhões, já teve parte de sua verba destinada, através do Governo do Estado, para desapropriações e indenizações de áreas que serão alagadas com o represamento. A outra parte é do Governo Federal, através de emendas impositivas, que até o momento ainda não foram liberadas.

Foi realizada uma vistoria áerea em todo o curso do rio, para identificar alguma situação que pudesse agravar o seu nível. Nas imediações de Jussara foi identificado a captação ilegal de água para irrigação. Foi acionada a polícia e CPRH, que na semana passada desmontou as bombas que abasteciam esse sistema de irrigação.

De maneira emergencial, a Compesa vem instalando reservatórios de 10 mil litros de forma provisórios em alguns pontos da cidade, que são abastecidos por caminhão-pipa. Enquanto que em outras localidades, o abastecimento será realizado através da própria tubulação, seguindo um cronograma de rodízio.

De acordo com a companhia, a situação só irá se normalizar com a volta das chuvas na região. Segundo a APAC, está previsto chuvas para a segunda quinzena do mês. Enquanto isso, o cidadão poderá solicitar o abastecimento através de carro pipa pelo número 0800 081 0195.
Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.