Prefeito de Moreno pede retomada de Conselho Metropolitano

Data: 03/03/2017 | Hora: 11:05 | Por: JC On Line


A reunião que o governador Paulo Câmara (PSB) teve com os prefeitos da Região Metropolitana do Recife para tratar de ações em conjunto de combate à violência reacendeu as discussões em torno de outro assunto metropolitano: a retomada do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Recife (Conderm), instância em que são discutidas políticas públicas voltadas para os 14 municípios da região.

O prefeito de Moreno, Vavá Rufino (PSDB), apresentou a ideia de fortalecer o Conderm na reunião do governador com os demais gestores municipais.

"Os problemas (das cidades da RMR) não podem ser dissociados. A iniciativa do governador em convocar os prefeitos para discutir o que está acontecendo nas cidades e compartilhar ações foi oportuna. Mas é preciso ter um fórum que seja de debate permanente sobre a questão da Saúde, da Mobilidade, da Habitação e da Educação. A gente precisa uniformizar procedimentos e ter instrumentos de cooperação das boas experiências", defendeu Vavá Rufino.

O gestor, que já governou a cidade de Moreno em outras ocasiões, afirma que houve um período em que o Conderm atuava com prestígio e gerava bons resultados para os municípios da Região Metropolitana. "A condução era feita pelo governo estadual se debatiam temas que diziam respeito às cidades da RMR. Conseguíamos emendas a partir da mobilização dos prefeitos. Um exemplo são as emendas para obras de contenção de morros e encostas na Região Metropolitana", destacou o prefeito.

O Conderm é vinculado à Agência Estadual de Planejamento e Pesquisa de Pernambuco (Condepe/Fidem). A assessoria do órgão foi procurada para informar como estão sendo realizadas as reuniões do fórum metropolitano, mas silenciou e não respondeu aos questionamentos do Jornal do Commercio.

"Os fóruns metropolitanos não estão sendo colocados como prioridade. Eles existem só no papel. Não me recordo outro dia em que foi feito reunião do Conderm. Em épocas passadas, a gente fazia reuniões sistemáticas de três em três meses. A gente não pode fazer parte de uma Região Metropolitana achado que sozinho vai resolver as questões", ponderou Vavá Rufino.

De acordo com o prefeito, a ideia de fortalecer o Conderm teve uma boa acolhida pelo governador Paulo Câmara. O gestor disse que pode ser um dos articulares da volta da instância metropolitana, mas fez uma ressalva de que o projeto só ganhará corpo se houver a mobilização dos demais colegas.

Na opinião dele, as questões partidárias também não podem atrapalhar a união das prefeituras. "Torço que todos os prefeitos da RMR entendam isso como importante", avaliou.
Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.