Parangolé lota avenida

Data: 04/10/2009 | Hora: 18:20 | Por: Leonardo Rodrigo


No segundo dia da 15ª Moreneta, a atração principal do carnaval fora de época mostrou o porquê é considerada uma das melhores bandas da Bahia na atualidade. Parangolé fez um show perfeito, e mesmo com um atraso de pouco mais de 1:30h, as fãs, que aglomeravam em frente ao trio, não paravam de gritar pelo vocalista Léo Santana. Com a avenida Cleto Campelo já tomada de gente dentro e fora do cordão, os músicos parangoleiros começaram a mostrar seu trabalho.

Os primeiros 20 minutos a banda tocou uma seleção de músicas antigas de grupos precursores da swingueira, como É O Tchan. Logo em seguida vieram canções do último trabalho, como: Balacubaco e Favela. Com muita simpatia e gingado, Léo Santana arrancava gritos das fãs que espremiam em frente ao trio. Algumas delas queriam a qualquer custo chamar sua atenção. Ou era com simples aceno, ou até mesmo jogando camisas em direção ao cantor. O que valia era pelo menos ter a atenção dele. Muitas conseguiram. E foi assim durante todo o percurso. Muita gente, histeria e Parangolé dando show.

A apresentação de uma banda desse porte, acabou mudando a rotina na cidade. As avenidas de Moreno foram tomadas por gente, muitas delas vindo de outras cidades. Ambulantes de fora dominaram o espaço, o que terminou demonstrando a inexistência de fiscalização desse tipo de comércio por parte da prefeitura. Esse pessoal chegava em pequenos caminhões baú e já demarcavam território. Barracas eram armadas bem onde seus donos queriam e sem nenhum tipo de autorização. Não houve fiscalização da Vigilância sanitária para verificar a qualidade do que estava sendo comercializado pelos ambulantes. O Conselho Tutelar não conseguiu coibir o consumo de álcool por menores de idade. Até a guarda municipal que deveria organizar o trânsito, deixou a desejar.

Enfim, não é por que o evento é particular que o poder público pode deixar as coisas rolar assim. Deveria ter sido feito um trabalho em conjunto com a organização do evento para garantir, pelo menos, o bem estar do folião, principalmente daqueles que vêm de outras cidades. Isso garantiria ao menos uma boa impressão do nosso município

Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.