Prefeitos chiam com corte em repasse

Data: 05/05/2010 | Hora: 14:59 | Por: Leonardo Rodrigo


A prefeitura municipal do Moreno divulgou uma nota na manhã desta quarta(6) criticando o corte feito pelo governo federal no repasse do Fundeb. A PMM afirma que tal ação prejudicou o pagamento dos profesores. Assim como Moreno, pelo menos 1.754 municípios foram pegos de surpresa com o corte.

Em Pernambuco 31 prefeitos tiveram uma reunião com o governador Eduardo Campos na terça(5) para que ele interceda em busca de uma solução para o problema.

Leia abaixo a nota da PMM sobre o assunto.

Mensagem de Esclarecimento

A Prefeitura Municipal do Moreno vem a público informar que o Governo Federal realizou, sem aviso prévio, um corte de R$ 1,3 bilhão no Fundeb.

A medida atingiu duramente 1755 municípios em nove estados, sendo Pernambuco o mais prejudicado.

Como conseqüência, a maioria dos municípios pernambucanos atrasou o pagamento aos professores, incluindo Moreno, cuja perda foi de R$ 715 mil.

O Prefeito Edvard Bernardo compareceu ao palácio do Governo Estadual, junto com os representantes dos outros municípios pernambucanos atingidos pelo confisco, para pedir a intercessão do Governador na resolução do problema.

O encontro foi amplamente noticiado pela imprensa pernambucana.

O Chefe do Executivo Estadual viajou a Brasília para tentar reverter a situação, junto ao Governo Federal.

O pedido coletivo foi pela devolução imediata dos recursos confiscados, sob pena de provocar desequilíbrio geral nas finanças municipais, além do atraso no pagamento dos salários dos professores.

O Sindicato dos Profissionais em Educação do Moreno (Sinpremo) já foi comunicado oficialmente sobre a situação.

Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.