Moreno avalia danos causados pelas chuvas

Data: 18/06/2010 | Hora: 11:19 | Por: Assessoria de Imprensa da Prefeitura


A Coordenação de Defesa Civil do Município do Moreno (Codecimo) avalia nesta manhã de sexta-feira, 18, a extensão dos prejuízos ocasionados pelas fortes chuvas que caíram nas últimas horas. Levantamento prévio feito na madrugada aponta que cerca de 130 famílias foram afetadas pelo transbordamento do rio Jaboatão ou por deslizamentos de barreiras. Mas não há até o momento vítimas fatais nem feridos. Foram atingidos mais intensamente os seguintes bairros: Cambonge, Tamboatá, Conceição, Galinha d’Água, Fátima e ABC.

Ao todo foram registrados 11 deslizamentos de barreiras, mas um causa preocupação especial no bairro da COHAB, onde o deslocamento de barro atingiu um poste de alta tensão, ameaçando o desabamento sobre casas. Foram feitas várias tentativas de contato com a Celpe para corte da corrente elétrica, mas não houve sucesso ainda.

O nível do rio Jaboatão, que corta o perímetro urbano da cidade, subiu consideravelmente, atingindo várias residências. O número preciso está sendo apurado. Neste momento o manancial encontra-se estável, mas o volume de água ainda preocupa.

O município está em estado de alerta, mas há a possibilidade de a Prefeitura precisar decretar estado de emergência, caso volte a chover forte. Por enquanto, apenas oito famílias precisaram ser alojadas em abrigos municipais (antigo SESI e Associação de Moradores do Bairro de Nossa Senhora de Fátima).

Os telefones de prontidão da Codecimo são 3535.1061, 3535.6712 e 8715.2246.

Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.