Porteiro ganhava R$ 3,5 mil da Câmara

Data: 11/03/2011 | Hora: 13:15 | Por: Leonardo Rodrigo


Uma denúncia caiu como uma bomba na Câmara Municipal do Moreno (CMM). Adriano André Rodrigues, que presta serviços há nove anos como porteiro da Escola Gerson Carneiro em Bonança, teria descoberto um “novo salário” pago pela CMM no valor de R$ 3,5 mil.

Adriano teria descoberto a suposta fraude no INSS ao emitir um extrato de rendimento para receber uma ajuda para capacitação. Segundo o documento, que mostrou ao repórter José Acciolly do Blog da Folha, o porteiro teria recebido o valor apenas nos meses de junho/2009, Janeiro/2010 e junho/2010.

Adriano também teria tentado aposentar sua filha (o blog não diz os motivos), que também foi negado. Com isso, Adriano afirma que aumentou sua dificuldade para sustentar sua família. “Nunca nem fui à Câmara, sou uma vítima de um esquema de fraude", reclama o porteiro.

O presidente da Câmara, Pedro Mesquita, diz que foi pego de surpresa pela denúncia. Que assim que soube, mandou verificar os arquivos da casa em busca de algum documento que comprovasse o vinculo de Adriano com a Câmara.

“Não foi encontrado nada desse rapaz aqui. Mesmo que ele tivesse prestado serviço por apenas um dia, nós teríamos algo, um contrato ou uma portaria. Mas não foi encontrado nada” afirmou Pedro. Ele já teria enviado um requerimento ao INSS solicitando informações desse suposto vinculo.

A mesa diretora da casa ainda se mostrou disposta a mostrar as contas de 2009 para comprovar que pela Câmara não foi feito nenhum tipo de pagamento ao Adriano. “Querem manchar a imagem da Câmara com denúncias infundadas”, concluiu o vereador Professor Joaquim, primeiro secretário da mesa diretora.
Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.