Chuva não dá trégua na região

Data: 04/05/2011 | Hora: 18:07 | Por: Leonardo Rodrigo


Moradores da área ribeirinha do Rio Jaboatão esperavam uma trégua das chuvas nesta quarta (4) para poder descansar. Afinal, muitos não conseguiram pregar o olho na noite anterior com medo de uma nova enchente em Moreno. Mas a água continuou a cair do céu, com menor intensidade, mas continuava a cair.

Os previnidos já tinham retirado seus objetos de casa temendo o pior. Ainda tinham aqueles que não acreditavam que o que aconteceu em 2005 poderia se repetir. O certo é que esse moradores não dormiram da terça para quarta, período em que mais choveu na última semana. O rio, que corta a cidade, chegou ainda a atingir bairros como ABC e Galinha Dágua. Mas não houve maiores prejuízos.

Na quarta as chuvas continuram, mas com menor intesidade. O rio baixou um pouco, mas ainda falta muito para que chegue ao seu nível normal. Segundo a Codecimo (Coordenadoria de Defesa Civil do Moreno) as ocorrências registradas até o momento foram: o desmoronamento de duas casas, sem vítimas; o deslocamento de famílias de áreas alagadas; e 30 pedidos de vistorias em casas, barreiras e outros.

Temporal - No final da tarde desta quarta (4) caiu um grande temporal na região. O rio ficou inalterado, mas várias ruas ficaram alagadas. Uma delas foi a Cleto Campelo, na altura da Assembléia de Deus. Boa parte das águas que tomaram conta da avenida vinham da parte alta do bairro de Santo Antonio.

Na enxurrada também veiram diversos objetos, inclusive pedras. As pessoas ficaram ilhadas e o trânsito complicado. Quem se arriscou e encarou a enxurrada precisou de ajuda. Assim que chuva diminuiu, a água começou a baixar.

Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.