Internauta mostra sua indignação com o trânsito

Data: 17/10/2011 | Hora: 12:01 | Por: Leonardo Rodrigo


Recebi no último final de semana uma mensagem de um internauta que sempre participa das discussões aqui no site. Roberto Lyra é natural de Moreno, mas morou no Rio de Janeiro por muitos anos. Como ele mesmo diz, não entende como a falta de respeito de uma minoria pode prejudicar a maioria.

Texto segue na integra:

Combativo, Leo!

Gostaria e sugerir-lhe uma campanha intensiva contra o que chamo "Trânsito em Moreno - Uma tragédia Anunciada"

Você já deve ter reparado que o movimento de veículos nas duas ruas que cortam nossa cidade está infernal.

A grande quantidade de motos, muitas com descarga aberta em alta velocidade; carros de som circulando com volume altíssimo; automóveis de passeio desrespeitando também o limite de 40 km/h; intervalos absurdos entre os poucos ônibus que servem à nossa sofrida população trabalhadora, propiciando o aparecimento do transporte alternativo em frágeis kombis superlotadas. E, já não bastando isso tudo, vemos, agora, a passagem interminável de enormes caminhões e super-carretas carregadas de mercadorias, cruzando a Sofronio Portela e a Cleto Campelo, com o finalidade de encurtar o caminho para os seus destinos.

Amigo, nossas duas principais avenidas não estão preparadas para este trânsito pesado!

Nossas crianças correm sérios riscos de atropelamentos. Próximo daqui, existem 2 escolas: uma particular e outra, pública. Não existe nenhuma indicação de transito que indique a presença desses estabelecimentos, numa afronta ao Código Nacional de Trânsito.

Por falar em fiscalização de trânsito, agora a PM ou GM está impedindo que os pais parem o carro para buscar seus filhos. Eles têm de estacionar em local que não "atrapalhem" o fluxo, porém podem arriscar suas vidas atravessando a avenida com seus filhos à tira-colo.

Sinceridade? Voltei à minha querida terra dos meus pais, avós e tias após 50 anos vivendo na cidade do Rio de Janeiro; mas, confesso que jamais ví tanta falta de respeito de uma minoria da população para com a imensa maioria.

É a impunidade que desgraça esta Nação.

AUTORIDADES, ACORDAI !!!!!!! Antes que se faça a justiça pelas próprias mãos.


O internauta autorizou o uso de seu texto nesta publicação. Tem algum assunto sobre a cidade para falar? Faça como Roberto, use o link faça contato e contribua com esse espaço que também é seu.
Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.