Construção às margens da BR-232 gera desconfiança

Data: 08/11/2011 | Hora: 17:38 | Por: Leonardo Rodrigo


Sem quórun necessário para votar a pauta do dia, os vereadores que estavam presentes na reunião da Câmara Municipal desta terça (8) usaram o espaço disponível para falar vários assuntos. O mais comentado deles foi a denúncia da presidente do bairro de Nossa Senhora das Graças, Jacilda Veras.

Segundo ela, uma obra foi iniciada a poucos dias perto da comunidade, que fica às margens da BR-232. Jacilda afirmou que buscou informações sobre o que seria construído no local, mas nem os engenheiros que estavam na obra e nem o pessoal da Sedema (Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente) souberam dar essa informação.

Para Jacilda fica o medo de rever o filme do incinerador de lixo hospitalar. Este episódio aconteceu em 2009, quando uma empresa queria construir um incinerador em Moreno, próximo ao bairro que hoje vive mais uma vez assombrado sem a informação do novo empreendimento.

A presidente do Nossa Senhora das Graças ouviu o compromisso de que os vereadores formariam uma comissão para visitar o local das obras e ir em busca de informações por parte do governo municipal. O vereador Professor Joaquim (PT), que presidiu a reunião, confirmou que o assunto voltará a ser discutido já no próximo encontro dos parlamentares e que em breve terá uma resposta sobre o assunto.

Aproveitando a estória do lixo, Adimilson Barbosa (PSD) denunciou o despejo de detritos na comunidade Novo Horizonte. Segundo o parlamentar, que teria visitado o local, os moradores afirmam que um caminhão despeja lixo diariamente, mas ninguém sabe a origem da carga. O cheiro forte na comunidade estaria trazendo problemas de saúde para os moradores, principalmente para as crianças.
Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.