Caminhada contra racismo e crimes ambientais

Data: 22/11/2011 | Hora: 18:27 | Por: Assessoria Casa de Passagem


Jovens que participam da Casa de Passagem realizam, na quarta-feira (23), a partir das 14h, uma caminhada do Parque 13 de Maio até o Ministério Público, para entregar uma carta ao governador com propostas de combate ao racismo e à degradação ambiental.

O documento foi elaborado no 13º Fórum da Juventude, realizado no dia 05/11, por jovens de Recife, Olinda, Jaboatão, Camaragibe e Moreno.

Na quinta-feira (24), será realizada a 16ª Feira de Educação em Saúde, no Parque 13 de Maio, a partir das 8h, com o tema: “Diga não ao racismo e às violações ambientais”. Os adolescentes e jovens vão repassar informações em 80 stands para alunos de escolas públicas sobre discriminação racial, homofobia, preservação ambiental, favela e bullying.

O evento também vai contar com a participação das meninas do projeto Ninho de Cidadania, que lançam a campanha “Vamos proteger o nosso planeta”, distribuindo cartilhas sobre o meio ambiente para o público infanto-juvenil. Elas foram conscientizadas sobre os cuidados com o meio ambiente e participaram de oficinas de ecodesign, aprendendo a transformar materiais recicláveis em artesanato.

Contexto Social - O Censo 2010 apurou que, dos 16 milhões de brasileiros vivendo em extrema pobreza (ou com até R$ 70 mensais), 4,2 milhões são brancos e 11,5 milhões são pardos ou pretos. De acordo com pesquisa do IBGE divulgada em julho de 2011, as diferenças raciais ou de cor influenciam em aspectos como acesso a trabalho (71%), relação com justiça/polícia (68,3%) e convívio social (65%).
Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.