Desabrigados recebem casas

Data: 21/07/2006 | Hora: 11:33 | Por: Assessoria de Impresa da Prefeitura


Neste sábado, dia 22 de julho, às 10h, a Prefeitura do Moreno vai entregar 130 casas construídas no Alto de Santo Antônio, por meio de uma parceria entre o município, a empresa holandesa de incorporação De Elf Proviciën BV e o Governo do Estado. As casas têm 50 m², terraço, sala, dois quartos, banheiro e cozinha. Os critérios de seleção das famílias beneficiadas foram apresentados pela Prefeitura ao juiz da Comarca de Moreno, ao Ministério Público Estadual e à Câmara de Vereadores. Das 130 casas, cinco serão destinadas a famílias indicadas pelo jogador de futebol Rivaldo, intermediador da captação de recursos, e outra é indicação da empresa holandesa, ficando 124 imóveis para os desabrigados de Moreno.

Atualmente, o município possui 342 famílias que moram em abrigos públicos porque perderam suas casas ou residem em áreas de risco. As famílias beneficiadas com as casas do Alto Santo Antônio foram escolhidas a partir da situação de moradia atual. Quem se encontra nos abrigos públicos foram as que mais pontuaram, assim como as que recebem auxílio-moradia da Prefeitura em forma de aluguel, pois estão gerando custo para o Município. Em seguida, estão as famílias que residem em áreas de alto risco e, por último, as famílias que estão morando em casas de parentes ou pagando seu próprio aluguel. O próximo passo foi selecionar as famílias com maior número de crianças e pessoas, totalizando 124 famílias beneficiadas.

Com a entrega dos imóveis, o antigo Sesi, onde hoje funciona a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, não precisará mais ser utilizado como abrigo público. Os desabrigados que não forem beneficiados nesse momento serão removidos para outros abrigos. A remoção é temporária, pois já estão em fase de conclusão as obras de 80 das 406 casas que vão ser construídas com verba do Governo Federal para os desabrigados da cheia do ano passado. A previsão é que a primeira etapa fique pronta até outubro.

Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.