Prefeituras têm que convocar conferências sobre transparência

Data: 01/02/2012 | Hora: 23:15 | Por: Daniel Guedes - Blog de Jamildo


Termina nesta quinta-feira (02) o prazo estipulado pela Controladoria Geral da União (CGU) para que as prefeituras convoquem suas conferências municipais ou regionais sobre transparência e controle social. O debate, que deve mobilizar cerca de um milhão de pessoas em todos os estados do País, nas etapas municipais, estaduais e nacional da 1ª Conferência sobre Transparência e Controle Social (Consocial) tem como objetivo a elaboração do primeiro Plano Nacional sobre Transparência e controle social, que deverá ser adotado pelos órgãos da administração pública.

Em Pernambuco, diversos municípios se mobilizam para participar desse grande fórum nacional. Até momento, entre concluídas ou em processo de realização, já foram contabilizadas vinte conferências municipais e quatro regionais. São nas conferências municipais/regionais que os cidadãos podem participar do processo e de onde serão eleitos os 357 delegados que participarão da etapa estadual da Consocial, realizada pelo Governo do Estado, entre os dias 2 e 4 de abril, no Recife.

Caso as prefeituras não convoquem conferências municipais por falta de interesse sobre o tema, a sociedade civil organizada tem a opção de assumir a iniciativa convocando conferências livres até o dia 8 de abril. Todas as informações necessárias para podem ser acessadas no portal nacional da Consocial (www.consocial.cgu.gov.br)

A 1ª Conferência Estadual sobre Transparência e Controle Social de Pernambuco (Consocial-PE) tem coordenação das secretarias da Casa Civil, da Controladoria Geral do Estado e Articulação Social e Regional. Desta etapa serão escolhidos 47 delegados que representarão e defenderão as propostas de Pernambuco na Consocial nacional, que acontecerá em Brasília, entre os dias 18 e 20 de maio.
Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.