De olho nas eleições de outubro, PSOL empossa nova diretoria

Data: 11/06/2012 | Hora: 10:24 | Por: Leonardo Rodrigo


O presidente estadual do PSOL, Edilson Silva, esteve em Moreno no último dia 6 para ratificar a aprovação da diretoria provisória do partido. Oito dos 10 filiados que estiveram presentes na reunião, que aconteceu no Palmeiras Esporte Clube, confirmaram os nomes da nova diretoria.

O ex-secretário de eventos, José Luiz, também conhecido por Zinho, foi empossado como presidente do diretório. João Tomaz é o novo secretário e Edilmilson Eduardo é o tesoureiro. Segundo Zinho, o PSOL irá seguir as orientações da executiva nacional e que a candidatura própria do partido não está descartada. Mas também não é prioridade.

Ao todo, a legenda poderá ter até dez pré-candidatos nas eleições de outubro. Já em relação a coligações há restrições para alguns candidatos. Isso por que a executiva nacional não aceita subir no palanque de alguns partidos, como PMDB, PSDB e DEM por exemplo. Zinho completou que nos próximos dias deverá começar o entendimento com outras legendas para definir o apoio de olho em outubro.

Por outro lado, alguns integrantes do PSOL já estão travando uma batalha com a nova diretoria provisória. Para eles, o partido teria perdido o rumo ao aceitar integrantes da atual administração municipal em seu quadro e defendem que a legenda não participe das eleições deste ano, nem na majoritária e nem na proporcional.

"Temos que construir um novo projeto com pessoas que estejam dentro das orientações do regulamento do partido e comprometidas com as causas sociais e que não apareçam apenas as vésperas de eleições vislumbrando cargos" disparou Wykison Santos, ex-secretário geral do PSOL.

Os passo da legenda deverão ser decididos nas próximas reuniões, pois eles terão até o final deste mês para decidir que rumo vão tomar: Sai com candidato próprio, apoia outra legenda ou ficar neutro.
Leonardo Rodrigo, leoecia.com - 1998/2014. © Todos os direitos reservados.